Blog

Brigas de casal: dicas para evitar brigas durante a quarentena

Os seres humanos evoluíram com o desejo de compartilhar a vida com um parceiro, mas não, necessariamente, o dia todo. Devido à isso, algumas brigas de casal podem surgir quando cônjuges passam a fica juntos muito tempo, dia após dia.

Nossos ancestrais pré-históricos formaram laços de pares para dividirem momentos juntos, mas eles se separavam pela manhã para realizar suas tarefas individualmente. 

Por centenas de milhares de anos, até os casais mais dedicados e afetuosos têm proferido uma versão desse princípio romântico básico: “Casei com você para o bem e para o mal, mas não para viver 24 horas juntos”.

Então, o que acontece agora, diante da quarentena, que os cônjuges ficam em casa o dia todo?

Por que tantas brigas com aqueles que dizemos amar, nosso(a) parceiro(a) escolhido para um vida? Será que as reais diferenças falam alto quando nos olhamos de perto?

Esses questionamentos estão, cada vez mais, em alta nesse período da quarentena.

Infelizmente, são as pessoas mais próximas de nós que desencadeiam mais conflitos emocionais. E isso, embora pareça inadequado, é mais comum do que se imagina, pois brigamos com quem temos liberdade para brigar.

Nossas reações, muitas vezes até exageradas, podem estar muito mais ligadas à nossa história pessoal do que ao que está acontecendo no momento presente. 

Ou seja, é possível que os desentendimentos que surgem nesse período já estivessem escondidos dentro de nós, porém, o momento conturbado faz com que esses desentendimentos explodam.

Por vezes, são as nossas inseguranças pessoais diante da pandemia que falam alto, a falta de treino para enfrentar e superar dificuldades, a dificuldade de autocontrole, etc.

Dessa forma, é necessário ter cautela e paciência para aprender a lidar com o companheiro(a) nesse tempo de quarentena.

Neste artigo, mostraremos algumas dicas de como evitar as brigas de casal, o que fazer quando surgir um conflito e como manter a harmonia e o bom ambiente dentro de casa.

Brigas de casal na quarentena

Ela está deixando a roupa no chão. Ele come todos os lanches guardados na despensa. Ela mastiga fazendo barulho! Quem é que consegue prestar atenção nesta videoconferência de manhã com essa conversa alta ao telefone? E essa toalha deixada em cima da cama?! Calcinha pendurada no box do banheiro? Pelos da barba em cima da pia do banheiro… Com quem eu estou morando mesmo? 

Esses são alguns pensamentos e questionamentos feitos em casas e apartamentos, que possuem como moradores, um casal confinado há dias.

Essa quarentena em função da pandemia de coronavírus levou muitos de nós a passar mais tempo com os nossos parceiros e parceiras. Tempo esse, que jamais poderíamos imaginar.

Agora temos que descobrir como trabalhar, viver nossas individualidades sem invadirmos o espaço do outro e simplesmente nos darmos bem enquanto andamos pela mesma sala o dia inteiro.

Sendo assim, infelizmente, isso pode desgastar rapidamente até os relacionamentos mais estáveis.

Na China, por exemplo, onde as pessoas estão confinadas há muito mais tempo que o resto do mundo, o conceito ‘’brigas de casal’’ é a dolorosa realidade. Ambas as cidades de Xian e Dazhou, reportaram números recordes de pedidos de divórcio em março, segundo o Global Times na China.

Então, como você pode evitar brigas no seu relacionamento durante a quarentena? 

Pensando pelo lado positivo, aqueles que se isolam em casa devem ter bastante tempo juntos para colocar as dicas em prática e, talvez, fortalecer sua relação.

brigas de casal

Dicas: como evitar as brigas de casal?

Para alguns casais, aqueles que estão começando ou recomeçando um relacionamento,  ficar preso dentro de sua própria bolha por algumas semanas parece um sonho que se tornou realidade. 

Mas, para outros casais, esse poderia ser o pior pesadelo dos cônjuges. 

Como sabemos, alguns casais em quarentena já estão perdendo a cabeça, e o preocupante é que ainda temos um longo caminho a percorrer.

Por isso, já que sabemos que os casais – e todas as outras pessoas, estão em quarentena por um período indeterminado de tempo, se você está estressado com o impacto do coronavírus em seu relacionamento, saiba que não está sozinho e sua reação nervosa ao ficar em quarentena com seu parceiro/ sua parceira é normal.

Aqui estão algumas dicas para evitar as brigas de casal:

1- Aprenda a se comunicar melhor

A comunicação é fundamental nos relacionamentos, independente de estarmos passando por momentos difíceis ou não. Ela pode ajudar a diminuir a frequência e o tempo de duração das brigas, mas não necessariamente a acabar com essas brigas.

Quando se está em quarentena, convivendo 24 horas por dia, 7 dias por semana, a comunicação é ainda mais importante. 

Falar na primeira pessoa (eu) quando se quer comunicar insatisfação pode ser uma orientação das mais importantes: – Eu me sinto incomodado com o fato de ter que preparar o almoço com a cozinha desorganizada desde o café da manhã. Noutro exemplo: – Eu percebo que você está silente o dia todo e estou tendo dificuldade de “chegar” até você.


Essa proposta contrapõe uma proposta comum de fala na qual o outro se sente atacado ou ofendido: Você deixou a cozinha desorganizada desde a hora do café da manhã, o que impossibilita a preparação do almoço!!! No segundo exemplo: Você está calado o dia inteiro, o que não me permite chegar até você. 

Considere essa simples mudança na sua comunicação para você evitar brigas estressantes. 

2- Enxergue o tempo como seu aliado

Se vocês são um daqueles casais que moram juntos, mas mal se veem devido aos horários incompatíveis de trabalho  ou vidas sociais demandadas, agora é a hora de se reconectar. Embora não seja ideal ficar “preso” em casa, você ainda pode aproveitar ao máximo e fazer coisas divertidas com ele(a).

Por exemplo:

  • Jogue o que gostam juntos;
  • Passe um tempo aprendendo coisas novas um sobre o outro;
  • Façam listas de coisas que vocês queriam fazer juntos: circule os que vocês podem fazer em casa;
  • Redecorem, limpem e façam sua casa parecer incrível;
  • Revejam fotos antigas juntos;
  • Escolham um filme e façam uma sessão de cinema de noite e
  • Cozinhem juntos.
brigas de casal

3- Respeito à individualidade

Embora seja seu dever cívico ficar dentro de casa, não há necessidade de assistir todos os programas da Netflix juntos.

É preciso haver um espaço para você se sentir bem – para ouvir a música que você gosta, para fazer seus próprios hobbies, fazer seu exercício físico.

Uma vez que você começa a sentir que está se perdendo na relação, e que a sua individualidade sumiu, isso gera uma nova ansiedade dentro do seu relacionamento.

Não se sinta egoísta se quiser estar um pouco sozinho(a). O espaço pessoal pode ser revigorante e torná-lo um parceiro melhor.

Muitas brigas de casal são motivadas pela falta de respeito à individualidade do próximo.

4- Faça pequenas e doces surpresas diariamente

Estar em um relacionamento permite navegar pelos altos e baixos da vida com um co-piloto ao seu lado. Mostre uma boa intenção extra para lembrar um ao outro que vocês estão nisso juntos e que você quer evitar as brigas de casal.

Se o seu parceiro estiver em uma reunião de trabalho, traga uma xícara de café para ele, por exemplo. Pequenos atos de bondade podem fazer com que se sintam menos sozinhos no mundo e mais próximos de maneira positiva.

Outras ideias também podem incluir: recados no espelho do banheiro, pequenos textos afetuosos, preparar aquele o café da manhã e levar na cama e colocar uma música para curtirem juntos, por exemplo

brigas de casal

5- Diga ‘’bom dia’’ e ‘’boa noite’’, todo dia

Pode parecer inútil e sem importância para você, mas se atentar a esses detalhes pode fazer toda a diferença.

Infelizmente, não podemos sair por aí abraçando familiares e amigos agora. 

Mas, você pode abraçar e beijar quem está aí do seu lado todo dia. 

Comece e termine o dia com uma atitude positiva, lembrando-se sempre de dizer bom dia e boa noite.

Não importa o quanto você esteja exausto, um beijo ou um abraço a cada início e fim pode fazer toda a diferença para que uma briga de casal seja evitada.

6- Seja sensível às necessidades do outro

A melhor forma de exercer a empatia é sendo sensível e se colocando no lugar do outro. Pense como seria se você estivesse vivenciando aquela situação.

Mostre que está disposto a ajudar e a compreender quais são as necessidades do seu parceiro ou parceira, sejam elas necessidades físicas ou emocionais, e se proponha a ajudar em tudo que estiver ao seu alcance. 

Analisar quais são as causas dessas vontades também pode ser uma boa maneira de estar junto e se mostrar interessado.

7- Trate os problemas com seriedade

Assim como se mostrar interessado às necessidades do outro é importante, mostrar que você leva o momento a sério também é fundamental.

Quando levamos as coisas na brincadeira por repetidas vezes, talvez passamos a impressão de sermos uma pessoa que não trata as questões da vida com compromisso e responsabilidade.

É necessário saber diferenciar os momentos leves e descontraídos, daqueles que nos exigem seriedade e atenção para que sejam resolvidos da melhor forma possível.

Dessa forma, certamente, quando o seu cônjuge perceber que você realmente leva a sério o momento que vocês estão passando, ele/a se sentirá mais à vontade para conversar com você.

brigas de casal

Para diminuir ainda mais as brigas de casal, o que fazer?

Quando a situação está realmente desagradável para ambos e quando o conflito já está se tornando rotina, é possível tomar algumas atitudes para evitar as brigas durante a quarentena.

Primeiro, lembre-se de que é completamente normal que discordâncias e conflitos aconteçam, ainda mais nesse período tão complicado para todos.

O que é não é normal, é ficar permanentemente trancado em um espaço juntos. 

Entretanto, isso que não significa que você não esteja indo sendo bom para você mesmo ou para o seu parceiro/ sua parceira, se uma hora ou outra uma briga surgir. 

Acima de tudo, o importante é ser honesto com o outro, em todos os momentos.

Entretanto, se você tentou entender, tentou aproveitar a companhia um do outro, mas tudo terminou com uma grande briga de casal, o que você deve fazer para resolver a situação? Obviamente, é difícil se afastar durante o auto-isolamento, mas há  algumas maneiras de contornar isso:

  • Veja se seu parceiro é receptivo para conversar e escolha um bom momento – de forma ideal, isso deve acontecer quando nenhum dos dois estiver cansado, com fome ou tenha ingerido álcool;
  • Tenha uma discussão amigável, isso não é uma competição;
  • Seja respeitoso e não discuta em pé;
  • Decida ouvir o outro e não interromper;
  • Se seu parceiro/ sua parceira sair da sala no meio de uma discussão, não siga – é a maneira dele (a) de tentar se acalmar;
  • Dê espaço e sugira que conversem mais tarde quando os dois se acalmarem e 
  • Lembre-se que o diálogo é a base de tudo para evitar uma briga de casal

Objetivo: manter a paz

Sendo assim, mesmo sabendo que é normal que aconteçam alguns desentendimentos dentro de casa, causados pelo estresse da quarentena, o objetivo principal é sempre manter a paz e o bom convívio entre todos os moradores da casa – já que algumas brigas de casal são motivadas por outros indivíduos, como os filhos.

Dessa maneira, se colocar no lugar do outro para entender o ponto de vista do próximo e sempre se colocar à disposição para conversar sobre os sentimentos, são atitudes essenciais para conseguir preservar o ambiente sempre saudável e harmonioso, para que assim, ambos consigam enfrentar esse período difícil com a ajuda um do outro, e não tendo seu parceiro ou sua parceira como um obstáculo para alcançar a paz.

E quando a paz chegar…

Aproveite e se esforce para que ela dure por muito tempo!

Procure sempre estar atento ao que gera incômodo, tanto para você quanto para seu amado/a, assim, antes mesmo que uma briga de casal aconteça, ambos podem sentar e resolver o que está ruim, sem que maiores desgastes e desentendimentos abalem a relação.

Por isso, não espere que a situação piore para resolver as coisas. 

Converse sempre e fale o que não te agrada no mesmo momento, mas claro, sempre de forma respeitosa e com cautela. Caso um dos dois não esteja disposto a conversar no momento, aguarde a hora ideal para dialogar com o outro, mas jamais deixem se conversar: acumular sentimentos ruins e não contá-los só piora a situação, seja ela qual for.

Dessa forma, seguindo todas essas dicas e prestando mais atenção nas suas atitudes e nas atitudes da pessoa com quem você vive, será mais fácil e agradável conseguir manter o ambiente pacífico e harmonioso dentro de casa nesse período de quarentena.

Inpa – Instituto de Psicologia Aplicada, Asa Sul, Brasília – DF, Brasil.

Fábio Augusto Caló

@fabiocalo - Psicólogo pelo UniCEUB e mestre em Análise do Comportamento pela UnB. Atua desde 1998 como clínico, atendendo adultos e casais. Há duas décadas, tem realizado atendimentos, principalmente, na área da conjugalidade, da sexualidade e dos transtornos de ansiedade. Tem se interessado e pesquisado sobre assuntos atuais como "dependência de internet", "vício em pornografia", "traição online", dentre outros. É palestrante e instrutor de cursos de desenvolvimento pessoal e cursos dirigidos a profissionais da saúde.

Você deve estar logado para postar um comentário.

×