Blog

Boa comunicação: a importância de mantê-la na vida a dois

comunicação entre o casal

A boa comunicação é uma atitude importante em todos os relacionamentos, e é parte essencial de qualquer parceria saudável. Por isso, faça um questionamento a si mesmo: você tem se comunicado bem com as pessoas que convivem ao seu lado? 

Sabemos que qualquer tipo de relação possui altos e baixos, mas um estilo de comunicação saudável pode tornar mais fácil de lidar com conflitos e construir uma parceria mais forte e sólida. 

Mais do que isso, um dos maiores problemas na comunicação é que a maioria dos casais possui um conceito errado sobre qual é o objetivo do diálogo.

A maioria enxerga a conversa com o parceiro(a) como um debate, em que cada um apresenta uma versão pré-concebida da realidade e do que está acontecendo entre os dois.

A falha nessa abordagem é a suposição equivocada de que um dos parceiros pode entrar na conversa com uma percepção única da realidade, como se só houvesse uma única versão correta do que está acontecendo na vida do casal.

comunicação

Entretanto, isso não é possível, já que nenhuma das pessoas têm as informações necessárias para determinar o que é a realidade. Ou seja: o que está acontecendo entre elas e o que cada um está sentindo.

Dessa forma, podemos considerar que o objetivo da comunicação é determinar o que é a realidade, o que realmente se passa.

A comunicação entre o casal envolve a colaboração de duas pessoas, que compartilham e examinam todas as suas percepções, sentimentos, ideias e pensamentos para chegar a um entendimento preciso do que está acontecendo.

Sendo assim, neste artigo você encontrará: 

  • O que é comunicação?; 
  • Qual a importância da boa comunicação?;
  • O que é habilidade de comunicação?;
  • A comunicação cria confiança;
  • Dicas para melhorar a comunicação e
  • Terapia online: como ela pode ajudar na melhora da comunicação?
vida a dois

O que é comunicação?

Por definição, comunicação é a transferência de informações de um lugar para outro. Nos relacionamentos, a comunicação permite que você explique à outra pessoa o que você está enfrentando e quais são suas necessidades.

O ato de se comunicar não apenas ajuda a atender às suas necessidades, mas também ajuda você a se conectar no seu relacionamento.

Ainda sobre os relacionamentos, imagine essa situação hipotética: você se encontra em um lugar público, lotado e começa a perguntar a desconhecidos sobre qual seria o fator mais importante de um casamento. O que você acha que eles responderiam?

Amor? Confiança? Honestidade? Claro, tudo isso é importante. Mas um fator que parece ser pouco mencionado é a comunicação (irônico, certo?).

A maneira como um casal discute seus problemas – ou se eles discutem alguma coisa, é crucial para um relacionamento sustentado e satisfatório.

Se você ainda está se perguntando por que a comunicação é importante em uma relação ou quão importante é a comunicação para um casal, siga para o próximo tópico.

tipos de comunicação

Quais são os tipos de comunicação?

Certamente, a comunicação é mais do que apenas falar com o outro. Há comunicação verbal, comunicação não verbal e atos físicos que podem ser considerados formas de comunicação.

Esses diferentes tipos de comunicação poderão ajudar você a entender a importância da comunicação no relacionamento de uma maneira melhor. 

Comunicação verbal

Todo mundo gosta de ouvir que é amado, que é uma pessoa querida. A comunicação verbal, sendo capaz de expressar como você se sente com seu cônjuge através das palavras que você fala, é essencial para uma comunicação eficaz.

Se você ama alguém de verdade, mas não diz o suficiente, a outra pessoa pode nunca entender o quão profundamente ela é amada. Isso não significa que você deva dizer que ama a todo momento, afinal, a repetição pode dar a impressão de algo forçado, que não é sincero. 

Mas, se você aprecia verdadeiramente o seu cônjuge e nunca fala sobre isso, esse apreço tem menos valor. Ser capaz de dizer ao seu cônjuge como ele é maravilhoso(a), fará com que ele se sinta amado, apreciado e ciente sobre o que você sente. 

Esse tipo de comunicação é fundamental para um relacionamento de longo prazo. Portanto, se você entende a importância da comunicação, seja no casamento ou no namoro, perceberá como a vida a dois se torna mais harmoniosa e saudável para ambos.

Comunicação não-verbal

Todos nós já dissemos algo a um amigo, membro da família ou cônjuge, que recebeu a fala com uma expressão facial desagradável. Essa pessoa não precisou dizer nenhuma palavra, mas contou como se sentia com o rosto. 

Entretanto, não são apenas expressões faciais que falam sem palavras. Nós, humanos, dizemos muito mais com nossos corpos do que acreditamos dizer.

Quando falamos sobre a importância da comunicação no casamento, não podemos subestimar a comunicação não-verbal. Esteja ciente de como sua linguagem corporal está se comunicando com seu parceiro(a). 

Se você estiver debruçado e fechado ao tentar ter uma conversa importante, seu parceiro subconscientemente sentirá essa falta de vulnerabilidade, e as vezes, até mesmo uma certa imposição.

Seja mais consciente e atencioso sobre como seu corpo expressa seus sentimentos, se policie quanto aos pequenos detalhes. Para dizer o mínimo, pode ser um ponto crucial na diminuição de muitas situações conflitantes.

comunicação não verbal

Atos físicos que também comunicam

Fazer o jantar, ir ao supermercado ou tirar o lixo de casa.

Tudo isso não é algo que você diz, mas são atitudes que você faz e mostram ao seu cônjuge que você se importa com ele(a).

Ao fazer esses pequenos e atenciosos atos, você está comunicando seu amor por ele(a) sem dizer muito. Quando falamos sobre a importância da comunicação nos relacionamentos, esses atos físicos ajudam muito os casais que podem não ser tão bons com a comunicação verbal. 

Qual a importância da boa comunicação?

A importância da comunicação no casamento muitas vezes não é levada a sério, pois muitos casais tendem a pensar que as interações diárias ou a falta dela não os afetam no dia-a-dia e são suficientes para manter uma boa relação. 

Entretanto, a comunicação é o meio pelo qual todas as outras partes importantes do casamento são realizadas. Se você ama alguém, mas não usa suas palavras e ações para comunicá-lo, não está fazendo o que é certo para a relação durar. Se você confia em alguém, informe-o.

Comunique. Quando você consegue se comunicar honestamente, há uma boa chance de seu casamento ser feliz e saudável. 

De fato, a importância da comunicação deve ser considerada essencial desde os dias do namoro, pois estabelece a base certa do relacionamento.

A comunicação aberta entre o casal é a pedra angular de todo e qualquer relacionamento longo e amoroso. A questão é que algumas pessoas simplesmente não são boas nisso, e está tudo bem.

Mas, é necessário dedicar algum tempo para entender a importância da comunicação e ver quais formas de comunicação conjugal criarão a atmosfera de um casamento forte e carinhoso.

vida de casal

O que é habilidade de comunicação?

As habilidades de comunicação são maneiras pelas quais podemos conversar com nosso parceiro(a) ou com outras pessoas que, esperançosamente, não são reativas e vão entender o que queremos dizer. 

É importante entendermos que o aprendizado de habilidades de comunicação não possui o objetivo de impedir que os casais entrem em conflito, e sim, para que ambos se sintam mais próximos e o diálogo ajude a curar mágoas que estão enraizadas no relacionamento.

As 4 habilidades de comunicação

1. Encontre um momento oportuno para conversar

Reservar um tempo para entrar em contato pode ajudar você a ser mais produtivo. Escolha um horário em que você provavelmente esteja calmo e confortável. Pode ser necessário ajustar um pouco sua agenda para ter mais tempo.

2. Mostre-se compreensível

Ouvir pode ser difícil, especialmente quando a outra pessoa diz algo que desencadeia uma resposta defensiva em você. 

Lembre-se de que você também terá uma vez, e que no momento é importante sintonizar, e não interromper. Faça contato visual e esteja totalmente presente com seu parceiro(a).

Você pode demonstrar estar presente, concentrando-se exclusivamente na conversa e no que está sendo dito.

comunicação e a habilidades

3. Esteja atento ao seu tom de voz

É fácil se irritar com uma mensagem importante quando não gostamos do tom em que algo está sendo dito. 

Por isso, faça uma auto análise. Quando você sentir vontade de acusar o outro ou de começar uma declaração com “você sempre”, pare. Pergunte a si mesmo o que você está sentindo neste momento. 

Dedicar um minuto para desacelerar antes de responder alguém, pode ajudá-lo a dizer o que realmente sente, em vez de ficar na defensiva, culpar a outra pessoa ou começar a gritar.

4. Diga em voz alta o que você gosta no outro

Todo mundo quer se sentir apreciado e valorizado. Pode ser fácil cair em um padrão de pensamento de “sinto que faço muito, mas ninguém reconhece”. 

Quando dedicamos um tempo para apreciar abertamente as qualidades e as boas ações de outra pessoa, promovemos uma atmosfera de generosidade emocional.

Percebeu algo sobre seu parceiro pelo qual você se sente grato? Compartilhe! Esteja atento ao que você pode apreciar e diga. Muitas vezes, tendemos a focar no que não temos ou no que não está funcionando nos relacionamentos.

A comunicação cria confiança

O desenvolvimento de qualquer relacionamento gira em torno da confiança.

Não apenas confie que seu parceiro(a) permanecerá fiel a você, mas também acredite que ele o amará e respeitará, acima de tudo. A confiança cria e aumenta o vínculo e a intimidade. 

Com confiança, você terá uma base segura para falar francamente sobre seu relacionamento, acerca daquilo que teme e deseja, além de poder discutir abertamente quaisquer problemas sexuais práticos (mais ainda, neste momento de quarentena) sem medo de julgamento.  

Sem comunicação, talvez você não se sinta à vontade para ter todas as conversas ​​que precisam ocorrer antes de iniciar um relacionamento, e certamente sentirá como se não pudesse se expressar completamente.

importância da comunicação

E como a má comunicação atrapalha seu relacionamento?

Se você e seu cônjuge tiverem pouca comunicação, o relacionamento pode se tornar um fardo. Frustração, desconfiança, tensão e excesso de auto defesa, podem intensificar os conflitos.

Más habilidades de comunicação podem perpetuar padrões destrutivos. Você achará difícil trabalhar com emoções e resolver problemas.

Lembre-se de quantos casais problemáticos dizem que não estão se comunicando. 

O problema está na maneira como as pessoas captam as mensagens e respondem a elas. Cada cônjuge tem a responsabilidade de ser o mais preciso possível ao se comunicar, pois a objetividade faz toda a diferença.

Dicas para melhorar a comunicação

Boas habilidades de comunicação são a chave para qualquer relacionamento bem-sucedido, afinal, os relacionamentos são emocionais e dependem de trocas verbais e não verbais entre as duas pessoas envolvidas. 

A maioria dos casamentos começa com a ideia de sucesso, felicidade e realização de um sonho, porém, uma das principais causas de divórcios é a falta ou a má comunicação.

Por isso, aqui estão algumas dicas para que você se comunique melhor:

1. Não fale ao mesmo tempo

Resista ao impulso de interromper. 

Isso pode parecer óbvio, mas quando as emoções estão em alta, cada pessoa quer expressar sua opinião e uma luta pela razão entra em cena. 

A interrupção constante está afirmando que você não acha que a outra pessoa tem algo importante a dizer e que só você tem o direito de fala. O motivo da conversa é ouvir o ponto de vista um do outro.

boa comunicação

2. Pense antes de falar

No calor do momento, você pode dizer algo que nunca pode ser retirado e não te darão a chance de voltar atrás. 

Mesmo que a situação não esteja muito boa, é necessário ter calma e pensar antes de falar. Suas palavras valem muito para o outro, e dependendo do quê e como seja falado, podem melhorar ou piorar o que vocês estão vivendo.

Por isso, procure sempre refletir antes sobre o que será dito – isso pode mudar muita coisa.

3. Participe da conversa com sinceridade

Esteja inteiramente presente naquele momento. Não somente em corpo, mas principalmente em alma. Concentre-se e tenha foco naquilo.

Uma conversa de casal é entre duas pessoas. Permanecer calado por muito tempo torna a conversa quase um monólogo.

Quando seu parceiro estiver falando com você, responda de forma clara. Comunique-se com transparência, honestidade e faça perguntas com exatidão.

Se você estiver ocupado, escolha um horário em que seja melhor para os dois. Não basta sair pela porta ou só ouvir e não responder. Lembre-se de que vocês estão juntos nesse relacionamento.

4. Tenha e exija respeito

Base para qualquer relacionamento, o respeito sempre tem que estar presente. Nós devemos dar ao outro aquilo que gostaríamos de receber, certo?

Dessa forma, nunca perca de vista o fato de que vocês dois estão no ‘’mesmo time’’ e não há razão para que haja ofensas, caso contrário, sempre haverá outro problema no caminho.

Casais que aprendem a resolver problemas juntos são os mais bem-sucedidos. Perceba que o relacionamento em si é maior que qualquer problema. 

Além disso, respeite seu parceiro(a) sendo um confidente fiel. 

comunicação e terapia de casal

Terapia de casal online: como ela pode ajudar na melhora da comunicação?

Conclusão: caso você tenha tentado e não obteve sucesso na melhora da comunicação em seu relacionamento, considere iniciar uma terapia de casal

Os psicólogos são especialistas e reconhecem os padrões da comunicação de um casal que estão causando problemas, e sabem como ajudar a mudar esses hábitos ruins, além de fornecer estratégias, dicas e um local seguro para explorar problemas.

Você também pode considerar fazer um curso relevante para o seu relacionamento e seus comportamentos. É melhor agir cedo e conversar com alguém sobre suas preocupações, em vez de esperar até que as coisas piorem.

comunicação

Inpa – Instituto de Psicologia Aplicada, Asa Sul, Brasília – DF, Brasil.

Fábio Augusto Caló

@fabiocalo - Psicólogo pelo UniCEUB e mestre em Análise do Comportamento pela UnB. Atua desde 1998 como clínico, atendendo adultos e casais. Há duas décadas, tem realizado atendimentos, principalmente, na área da conjugalidade, da sexualidade e dos transtornos de ansiedade. Tem se interessado e pesquisado sobre assuntos atuais como "dependência de internet", "vício em pornografia", "traição online", dentre outros. É palestrante e instrutor de cursos de desenvolvimento pessoal e cursos dirigidos a profissionais da saúde.

Você deve estar logado para postar um comentário.

×