Blog

Como escolher um psicólogo: dicas e critérios essenciais

como escolher um psicólogo

Admitir que precisamos de ajuda para enfrentar os problemas da vida, as vezes é uma das coisas mais difíceis de se fazer. Mas, após entendermos que a ajuda profissional é uma boa ideia, como escolher um psicólogo?

Depois de tomarmos a decisão de procurar a terapia, queremos encontrar alguém com quem possamos nos conectar – uma pessoa que entende, realmente, não apenas onde estamos, mas também quem somos.

Mais do que isso, buscamos um profissional em que possamos confiar os nossos pensamentos e sentimentos mais íntimos.

Encontrar um terapeuta não deve ser uma decisão apressada. Deve levar um pouco de tempo e esforço. Se você escolhe um terapeuta com o qual não se sente conectado, é provável que não faça muito progresso. 

Por isso, neste artigo, você encontra algumas dicas sobre como escolher o psicólogo certo para você:

  • Como escolher um psicólogo ou psiquiatra?
  • Em que situação devo considerar fazer terapia?
  • Há diferenças entre psicólogo homem ou mulher?
  • Características de um bom psicólogo
  • Quais os critérios a considerar na escolha de um psicólogo?
  • Psicólogo online: conheça os benefícios
  • Conheça a credibilidade Inpa
  • Psicoterapia individual: conheça os benefícios
  • Como agendar a sua consulta

Como escolher um psicólogo ou psiquiatra?

Em algum momento de nossas vidas, cada um de nós pode se sentir sobrecarregado e precisar de ajuda para lidar com os problemas.

Conflitos no casamento ou relacionamento, uma situação familiar ruim, a perda de um emprego, a morte de um ente querido, depressão, ansiedade, Síndrome de Burnout ou abuso de substâncias, são estresses e tensões da vida diária que as vezes podem ser significativamente debilitantes.

Assim, quando já não aguentamos mais lidar sozinhos com esses e outros problemas, observamos que talvez seja a hora de procurar um bom profissional da saúde mental.

Mas, como escolher um psicólogo? Afinal, ninguém quer colocar seus problemas emocionais – intensamente pessoais, nas mãos de um especialista inexperiente ou ineficaz.

Por isso, para iniciar essa procura, é importante conhecer algumas diferenças, como:

O que faz um psicólogo?

Os psicólogos especializados em psicoterapia, aplicam procedimentos cientificamente validados para ajudar as pessoas a mudar seus pensamentos, emoções e comportamentos. 

A terapia é um esforço colaborativo entre um indivíduo e um psicólogo. Ela fornece um ambiente favorável para conversar de maneira aberta e confidencial sobre preocupações e sentimentos. 

Os psicólogos consideram extremamente importante manter sua confidencialidade e responderão suas perguntas sobre as raras circunstâncias em que informações confidenciais devem ser compartilhadas.

O que faz um psiquiatra?

A Psiquiatria é uma especialidade médica que envolve o tratamento de transtornos mentais. Os psiquiatras são médicos que avaliam, diagnosticam e tratam pacientes afetados por um problema de saúde mental temporário ou crônico.

Os psiquiatras precisam ter um excelente entendimento da Psicologia básica e devem possuir habilidades em psicoterapia para tentar influenciar o distúrbio do paciente com menos medicamentos. 

De fato, muitos distúrbios psicológicos como ansiedade e certas fobias, podem ser efetivamente tratados através da psicoterapia, por isso, em muitos casos, a medicação indicada por um psiquiatra é usada apenas quando a terapia não produz resultados visíveis.

Em que situação devo considerar fazer terapia?

É interessante considerar a terapia e se engajar em como escolher um psicólogo, quando alguém:

  • sente uma sensação avassaladora e prolongada de desamparo e tristeza, e os problemas parecem não melhorar, apesar dos esforços e da ajuda da família e dos amigos;
  • está achando difícil realizar as atividades cotidianas, por exemplo: não consegue se concentrar nas tarefas no trabalho e, como resultado, o desempenho piora;
  • possui ações prejudiciais para si mesmo(a) ou para os outros: uso indiscriminado de álcool ou cigarros, abuso de drogas e agressividade;
  • se preocupa excessivamente, espera sempre o pior ou está constantemente no limite de suas emoções;
  • deseja aprender melhor a lidar com seus desejos, sentimentos e situações da vida, ou
  • procura o autoconhecimento por meio de um processo válido e saudável.
diferença psicólogo homem e mulher

Há diferenças entre psicólogo homem ou mulher?

Linhas de evidências já estudadas da neurociência do desenvolvimento, genética médica, biologia evolutiva, psicologia transcultural, novos estudos sobre transexualidade, além da herança evolutiva, apontam para a mesma conclusão: há diferenças claras entre homens e mulheres. 

Divergências essas, que afetam questões triviais como a sensibilidade e brutalidade, e também significativas, como a suscetibilidade a distúrbios como depressão e autismo, por exemplo. 

Entretanto, essas diferenças podem influenciar ou não o seu processo de terapia. Se você se sente mais confortável conversando com uma mulher, procure uma psicóloga. Caso contrário, procure como escolher um psicólogo. A competência de um profissional não depende de seu gênero, e sim de seu estudo, dedicação e compromisso com a profissão.

Características de um bom psicólogo

Saber quais são as características de um bom psicólogo é indispensável – esteja você buscando terapia, explorando uma carreira em Psicologia ou ambas. 

Os psicólogos de sucesso possuem muitas das qualidades interpessoais que você procura em um amigo ou mentor, por exemplo.

Além disso, eles precisam de treinamento e credenciais adequados para aconselhar os pacientes. Por isso, aqui estão algumas características importantes que podem te ajudar em como escolher um psicólogo:

Paixão pela aprendizagem

O compromisso com a aprendizagem ao longo da vida caracteriza um psicólogo competente. 

Como novas ideias e abordagens terapêuticas emergem continuamente, os psicólogos devem manter-se a par de sua profissão, participando de seminários, revisando resultados de pesquisas baseadas em evidências e consultando colegas. 

empatia

Empatia

Bons psicólogos exalam empatia e preocupação genuína. Eles notam nuances no tom de voz e na linguagem corporal. 

Habilidades como ouvir e refletir ativamente incentivam os clientes a compartilhar pensamentos, sentimentos e crenças reprimidos. 

Psicólogos comunicam com compreensão e aceitação de emoções.

Capacidade de resolução de problemas

Embora seja tentador, os psicólogos resistem ao desejo de dar conselhos. Em vez disso, esperam pacientemente até que o outro se abra, identifique problemas e expresse motivos de insatisfação com as circunstâncias da vida. 

A motivação é evocada apontando discrepâncias entre os objetivos do paciente e o comportamento desalinhado. Os objetivos são discutidos e um plano de tratamento é desenvolvido, descrevendo os próximos passos da terapia.

Confiabilidade

Pacientes intuem se um psicólogo é confiável. Assim, os psicólogos mostram que eles podem ser confiáveis ​​enfatizando a confidencialidade. 

Como parte da entrada inicial, os pacientes são informados de seus direitos de privacidade e notificados de quaisquer possíveis exceções à confidencialidade, como ameaças de danos iminentes a si ou a terceiros. 

Paciência

Os psicólogos são realistas e reconhecem que comportamentos de longa data não podem ser desaprendidos rapidamente. 

Eles aceitam que o progresso não é linear e os contratempos são comuns. Pacientes não são forçados ou manipulados a mudar antes de estarem prontos para isso.

Quais os critérios a considerar na escolha de um psicólogo?

Para que o processo de como escolher um psicólogo seja eficaz, a procura precisa se basear em alguns critérios essenciais. 

A terapia precisa ser fornecida de maneira a atender um conjunto de pontos bem definidos.

Aqui estão alguns deles:

– Avalie questões financeiras

Em primeiro lugar, é importante identificar quais são os seus limites financeiros. Saber quanto de recurso você tem para investir em uma terapia, te ajuda a ampliar ou limitar o campo de busca.

Assim, você consegue se organizar de forma mais otimizada para achar um bom terapeuta.

– Avalie as credenciais do profissional

É importante ter certeza de que o profissional escolhido possui o documento de identificação do psicólogo, que é a carteira de identidade profissional. 

A expedição da carteira de identidade profissional é feita pelo Conselho Regional de Psicologia – CRP, de acordo com o modelo oficial aprovado pelo Conselho Federal de Psicologia – CFP, sendo válida em todo o território nacional como identidade profissional.

– Tome cuidado com práticas não regulamentadas

Psicólogos éticos internalizam os padrões estabelecidos pelo seu conselho de psicologia. 

Eles demonstram abertura, honestidade e transparência. Tudo, desde aconselhar pacientes, escrever notas de caso, até cobrança de planos de saúde, está acima de qualquer crítica. 

Os comportamentos dos psicólogos éticos são congruentes com suas atitudes e valores professados.

– Avalie a credibilidade do profissional

Duas qualidades necessárias para se prestar atenção enquanto se aprende a como escolher um psicólogo, são a credibilidade e a confiabilidade. 

Se um paciente sentir que não pode confiar em seu profissional de saúde mental, nunca haverá um bom relacionamento e, certamente, ele não terá credibilidade. 

Construir um relacionamento com o profissional é a única maneira de participar efetivamente de uma terapia confiável e eficaz.

– Avalie o perfil do psicólogo

Para que qualquer profissional de saúde mental ajude seus pacientes, eles devem ser capazes de extrair inferências, analisar e examinar as informações que coletam. Ser psicólogo é mais que apenas ouvir os problemas das pessoas. 

Eles devem coletar dados sobre o indivíduo ou a família em busca de ajuda, e usar essas informações para criar soluções para mudanças.

Psicólogo online: conheça os benefícios

Alguns benefícios da terapia online, são:

  • horários de agendamentos mais flexíveis;
  • oferecimento de mais praticidade e dinamismo;
  • não há a necessidade de deslocamento e
  • pode ser feita individualmente, em par ou em grupo

A terapia online pode ser chamada de:

  • terapia eletrônica;
  • aconselhamento eletrônico;
  • teleterapia;
  • aconselhamento cibernético ou
  • E-terapia.

Ela é um modelo conhecido por envolver diversos serviços da saúde mental e utiliza a internet para realizar os atendimentos e as sessões com os pacientes. 

Dessa maneira, o terapeuta pode usar plataformas como e-mail, videoconferência, mensagens de texto, bate-papo online, mensagens ou telefonemas.

Assim, nos últimos anos, a terapia online ganhou popularidade e está se tornando uma ferramenta importante nas vidas das pessoas. 

terapia online

Terapia Online no Inpa

O Inpa conta com uma equipe de psicólogos preparada para realizar sessões de terapia online.

Para agendar a sua consulta, basta entrar na nossa página inicial e clicar no botão “Agende agora”! 

Os pagamentos também podem ser feitos pela internet, sem precisar sair de casa.

Conheça a credibilidade Inpa

Aqui, você tem acesso a diversos tipos de terapia:

  • terapia individual;
  • sexual;
  • de casal;
  • infantil e
  • familiar.

Mais do que isso, todos os serviços de psicoterapia podem ser feitos tanto presencialmente, quanto de forma remota, por meio da terapia online por videoconferência.

No Inpa, você encontra os melhores profissionais para cada área, conforme a sua necessidade, sempre dispostos a fornecer um atendimento psicológico de qualidade.

credibilidade inpa

Quem somos?

O Inpa – Instituto de Psicologia Aplicada, foi fundado no ano de 2000. 

Idealizado por psicólogos que, à época, eram recém formados na capital do país e foram unidos pela abordagem teórica da Análise do Comportamento.

Os profissionais do Inpa têm buscado se destacar pelo compromisso com o cliente, pelo respeito incondicional ao Código de Ética do Psicólogo e pela qualificação técnica e profissional.

Psicoterapia Individual: conheça os benefícios

A psicoterapia individual é útil por várias razões: aumenta a autoconsciência de um indivíduo, incentiva a auto-exploração, identifica limites, aprimora as habilidades de comunicação e melhora o uso de habilidades saudáveis ​​de enfrentamento. 

Os benefícios levarão a uma mudança de comportamento para o indivíduo, que geralmente diminui os sintomas de problemas de saúde mental.

5 benefícios da psicoterapia individual

Autoconsciência

Durante o processo de aconselhamento, o indivíduo e o terapeuta discutem sobre as questões a serem abordadas.

Os psicólogos geralmente incentivam os indivíduos a refletir e se aprofundar em suas experiências.

Auto-Exploração

A psicoterapia também permite que os indivíduos embarquem em uma jornada de auto-exploração. 

Quem sou eu? Quais são minhas crenças e valores? O que torna a vida significativa para mim? Quem são as pessoas presentes na minha rede de suporte? 

Essas são as perguntas que o aconselhamento coloca na mente de um indivíduo.

Identificando limites

Muitas pessoas procuram a terapia para questões análogas aos seus relacionamentos e habilidades sociais.

De modo frequente, esses problemas surgem da falta de limites. Essas barreiras identificadas na terapia, são as limitações físicas e emocionais, que ajudam a diferenciar os desejos, necessidades e preferências de uma pessoa.

psicologa

Habilidades de comunicação

Além de identificar limites, o aconselhamento tende a melhorar as habilidades de comunicação, como as referentes à assertividade, inteligência emocional, empatia, escuta ativa, confiança e respeito.

A assertividade, que envolve defender as próprias necessidades e também respeitar as necessidades dos outros, é crucial para qualquer bom relacionamento.

Habilidades de enfrentamento saudáveis

A terapia cognitivo-comportamental (TCC), incentiva os indivíduos a usar habilidades de enfrentamento relacionadas aos padrões de pensamento do indivíduo. 

Por exemplo, ela aumenta a capacidade do indivíduo de identificar gatilhos e pensamentos prejudiciais relacionados à ansiedade e à depressão. 

Os psicólogos que praticam esse tipo de modalidade terapêutica também informam aos pacientes sobre maneiras de reformular os pensamentos e considerar perspectivas alternativas.

Como agendar a sua consulta

Você pode agendar a sua sessão de psicoterapia por meio do nosso site.

Assim, após entender um pouco mais sobre como escolher um psicólogo, você pode eleger a modalidade de atendimento que seja melhor para a sua programação e entrar em contato conosco.

Além do site, também é possível marcar o seu atendimento ligando para (61) 3242-1153 61 ou mandando um WhatsApp para 3242-1153.

Realizamos terapia online

Inpa – Instituto de Psicologia Aplicada, Asa Sul, Brasília – DF, Brasil

Fábio Augusto Caló

@fabiocalo - Psicólogo pelo UniCEUB e mestre em Análise do Comportamento pela UnB. Atua desde 1998 como clínico, atendendo adultos e casais. Há duas décadas, tem realizado atendimentos, principalmente, na área da conjugalidade, da sexualidade e dos transtornos de ansiedade. Tem se interessado e pesquisado sobre assuntos atuais como "dependência de internet", "vício em pornografia", "traição online", dentre outros. É palestrante e instrutor de cursos de desenvolvimento pessoal e cursos dirigidos a profissionais da saúde.

Você deve estar logado para postar um comentário.

×