Blog

Dermatite Seborreica

dermatite seborreica

O que é?

A dermatite seborreica é uma patologia comum da pele que, normalmente, afeta o couro cabeludo. A condição desencadeia manchas escamosas, pele vermelha e caspa. Ainda, a dermatite pode afetar, também, certas áreas do corpo humano, como rosto, nariz, sobrancelhas, orelhas, pálpebras e peito.

A dermatite está, diretamente, relacionada com o psicológico. Afinal, os sintomas podem se intensificar com a presença do estresse, do nervosismo e da ansiedade.

Por conseguinte, a dermatite seborreica é conhecida, também, como caspa, eczema seborreico e psoríase seborreica. No caso dos bebês, o quadro é denominado como Crosta Láctea e causa manchas escamosas e crocantes no couro cabeludo.

Sintomas da Dermatite Seborreica

Os principais sintomas da dermatite são:

  • Flocos de pele (caspa) no cabelo, no couro cabeludo, na sobrancelha e, no caso dos homens, na barba ou no bigode. 
  • Manchas na pele cobertas com escamas brancas ou amarelas na região da cabeça, das axilas, da genitália ou sob os seios.
  • Vermelhidão na pele, irritação ou coceira (comichão).

Ademais, os sintomas tendem a piorar quando a pessoa está sob estresse. Além disso, em estações frias e secas as feridas tendem a queimar e coçar mais.

Causas

Vale ressaltar que não há, ainda, as causas exatas que desencadeiam a dermatite. Porém, pesquisas mostram que alguns fatores influenciadores são:

  • Resposta irregular do sistema imune ou alterações do sistema imunológico.
  • Transtorno de ansiedade ou estresse excessivo.
  • A presença de um fungo, Malassezia, na secreção de óleo na pele.

Fatores de risco da Dermatite Seborreica

Diversos fatores podem elevar o risco de desenvolver o quadro de dermatite, tais como:

  • Condições psiquiátricas e neurológicas, como a depressão e a doença de Parkinson.
  • Doenças que afetem o sistema imunológico, como HIV/AIDS, pancreatite alcoólica e câncer.
  • Recuperação de condições médicas traumáticas, como um ataque cardíaco.
  • Medicação e certos produtos. 

Tratamento

Há casos que a dermatite seborreica desaparece sem tratamento. Porém, é comum que a patologia seja crônica e, ainda, que necessite de diferentes tipos de tratamento para o desaparecimento dos sintomas. 

Como já citado anteriormente, é comum que os sintomas voltem quando o psicológico não está regulado. Dessa forma, uma das formas de tratamento é a psicoterapia. 

A limpeza diária com sabão e xampus específicos pode ajudar a reduzir os sintomas. É importante buscar ajuda dermatológica para o diagnóstico concreto e a melhor forma de tratamento.

Por fim, é comum que os resultados sejam melhores com a combinação de mais de um tratamento. O dermatologista pode criar um plano para buscar a melhor solução. O uso de medicamentos pode ajudar também com a melhora da dermatite seborreica. 

Inpa – Instituto de Psicologia Aplicada, Asa Sul, Brasília – DF, Brasil.

Você deve estar logado para postar um comentário.

×