Blog

Mitomania: o transtorno da mentira

Mitomania

O que é mitomania?

A mitomania, ou mentira compulsiva, é um transtorno compulsivo em que a pessoa mente compulsivamente. Tal hábito é difícil de ser controlado e muitas vezes não apresenta benefícios para a pessoa, o que a difere de um psicopata

Quando o mentiroso compulsivo conta a mentira, ele realmente acredita nela, tornando-a uma memória real. Muitas vezes, a pessoa com esse transtorno busca na mentira um conforto ou consolo.

É comum a mitomania se manifestar a partir dos 16 anos, pois é nessa idade que a inteligência da pessoa já está completamente “formada”. O mitômano pode contar desde pequenas mentiras a grandes mentiras, que afetam o seu convívio social.

Sintomas

A pessoa com mitomania, no fundo, sabe que o que ela diz não é verdade. No entanto, a pessoa continua a mentir compulsivamente porque tal ato lhe traz calma. 

Existem algumas características e sinais típicos de mentirosos compulsivos. São eles:

  • As histórias que a pessoa conta são possíveis e têm elementos verdadeiros;
  • As motivações para mentir são emocionais, como se sentir mais calma, feliz e acolhida;
  • Quando confrontada, a pessoa com mitomania assume a mentira, mas com contragosto;
  • As histórias contadas pelo mitômano muitas vezes o retratam como um herói.

O mitômano ainda pode apresentar sintomas de ansiedade e depressão.

Causa da mitomania

A causa da mitomania ainda não foi descoberta, mas pesquisadores acreditam que fatores genéticos, ambientais e psicológicos estão relacionados com o transtorno. 

Tais fatores podem ser exemplificados em situações em que a pessoa:

  • Tem baixa autoestima, então ela usa a mentira para ser aceita pelo grupo ou até para a auto aceitação;
  • Passou por traumas na infância, por exemplo crianças que foram agredidas ou sofreram abuso dos pais ou responsáveis usam a mentira como uma maneira de ignorar o trauma e fugir da realidade;
  • Tem uma necessidade de atenção, e acredita que por meio das mentiras vai  conseguir se manter em evidência;
  • Tem um exemplo de pessoa mentirosa ou mitômano em seu convívio na infância.

É possível ainda que a mitomania esteja relacionada com outros transtornos, como o Transtorno de Personalidade Histriônica e Transtorno de Personalidade Antissocial.

Tratamento

A mitomania é um transtorno que possui cura. O principal caminho para curar o transtorno é por meio de sessões de psicoterapia. Dessa maneira, o psicólogo irá auxiliar o paciente a identificar as possíveis causas da mentira compulsiva e a fazer um autocontrole.

Por fim, pode ser preciso o uso de psicofarmacológicos quando a pessoa tem outros transtornos ou sintomas de depressão e ansiedade. Somente o psiquiatra poderá prescrever os medicamentos.

Inpa – Instituto de Psicologia Aplicada, Asa Sul, Brasília – DF, Brasil.

Você deve estar logado para postar um comentário.

×