Blog

Os Quatro Cavaleiros do Apocalipse – Parte 2

Divórcio

Dando continuidade à apresentação do post anterior, conforme o trabalho de John Gottman seguem mais dois cavaleiros do apocalipse – indicadores do divórcio.

Assim sendo, o terceiro cavaleiro é o Desprezo. Ele se faz presente quando o desrespeito flagrante pelo(a) parceiro(a) passa a ser constante.

Comportamentos tais como: brincadeiras que geram a exposição do cônjuge; ironia; sarcasmo. Bem como a zombaria, são formas de desprezo.
Para sair dessa, há que se abandonar o padrão passivo-agressivo e adotar assertividade. Dessa forma, diga de forma clara o que incomoda, atendo-se ao comportamento e não à pessoa.

Aliás, há também que reformular o conceito de respeito na relação.

E o último cavaleiro é a Obstrução. Quando se deixa de responder, quando se busca afastamento emocional, quando se deixa de conversar ou quando se passa fugir das tratativas necessárias para os ajustes na relação.

De acordo com certos estudos, esse é o mais prejudicial dos comportamentos e que casais com esse padrão têm maior probabilidade de encerrarem o casamento.

A comunicação é essencial em qualquer relacionamento. Por isso, o diálogo, ainda que mediado por um profissional, é sempre necessário.

Um ou mais dos quatro cavaleiros têm tocado a campainha da sua casa? Ou já estão tomando café da manhã com vocês? Ou um possível divórcio já está a vista?

Caso esteja enfrentando problemas conjugais, procure o Inpa – Instituto de Psicologia Aplicada, Brasília oferece terapia de casal para o acompanhamento do casal. E para auxiliar no desenvolvimento da relação conjugal saudável. Por isso, entre em contato e marque uma consulta. Fone: (61) 3242-1153

Por Fabio Caló, psicólogo.

Inpa – Instituto de Psicologia Aplicada, Asa Sul, Brasília – DF, Brasil

Fábio Augusto Caló

@fabiocalo - Psicólogo pelo UniCEUB e mestre em Análise do Comportamento pela UnB. Atua desde 1998 como clínico, atendendo adultos e casais. Há duas décadas, tem realizado atendimentos, principalmente, na área da conjugalidade, da sexualidade e dos transtornos de ansiedade. Tem se interessado e pesquisado sobre assuntos atuais como "dependência de internet", "vício em pornografia", "traição online", dentre outros. É palestrante e instrutor de cursos de desenvolvimento pessoal e cursos dirigidos a profissionais da saúde.

Você deve estar logado para postar um comentário.

×