Blog

TPC: Você conhece a tensão pré-casamento?

Tensão pré-casamento

Quase todas as mulheres já imaginaram como seria o tão sonhado grande dia. No entanto, a maioria delas não pensam que, durante o processo, sentimentos de ansiedade e de tensão pré-casamento poderão aparecer. 

Afinal, a grande parte das pessoas acredita que todo o processo de preparar o casamento vai ser regado por sentimentos positivos.

Todavia, os caminhos para chegar o momento de subir ao altar, podem fazer uma pessoa se sentir:

  • estressado;
  • ansioso;
  • cansado;
  • com pensamentos negativos.

Neste artigo, será abordado o que é a tensão pré-casamento e quais são as formas de diminuir a tensão.

O que é tensão pré-casamento?

A tensão pré-casamento ou tensão pré-nupcial é caracterizada por ter sentimentos que oscila de maneira constante. A TPC pode ser prejudicial não apenas para o relacionamento conjugal, mas para todo o planejamento do casamento em si.

Ainda, tanto o noivo quanto a noiva podem sofrer com a tensão pré-casamento. Afinal, ambos estão juntos durante o processo de organização e planejamento.

Como melhorar a ansiedade pré-nupcial

1 – Cuide de você e não pense em coisas relacionados ao casamento o tempo inteiro

É comum que, principalmente, a noiva, em algum momento, fique estressada, porque tem mil coisas para resolver. Em razão disso, é necessário que a pessoa tire um tempo para cuidar apenas dela e relaxar.

Entre o trabalho, o planejamento do casamento e as tarefas do dia a dia, é preciso que a noiva ou noivo tire um tempo para respirar. Assim, a pessoa evitará o esgotamento emocional e físico. 

Os noivos se sentirão muito mais calmos e felizes quando encontram uma forma de aliviar o estresse. Algumas formas de relaxar são:

  • ir para a academia ou praticar um esporte;
  • tomar banhos demorados;
  • fazer um dia de spa ou dia de beleza;
  • ter um hobbie.

2- Não foque tanto em datas

Diversas noivas fazem contagem regressiva para o “grande dia”. É normal ter um planner ou um calendário que conta exatamente quantos dias faltam para a data do evento. 

Apesar de no começo ser algo empolgante, contar os dias para se casar com o seu amado, depois de um tempo, pode ser um número que perturbe seu psicológico. Desse modo, quanto mais perto chega do dia, mais pressão os noivos tendem a sentir.

Portanto, é importante se atentar as datas, mas não torna isso uma obsessão ou algo que tire seu sono.

Afinal, se você está organizado, não há necessidade de se preocupar com uma data tão específica.

3- O dinheiro não deve ser um bicho de sete cabeças

Apesar de você ter economizado bem mais do que o necessário para cobrir todas as despesas do casamento, a ansiedade pode surgir ao contabilizar o tanto de dinheiro que você anda gastando.

É comum a pessoa começar a se arrepender de algumas despesas e se perguntar se aquilo tudo era realmente necessário. Todavia, calma, respira e relaxa, porque todos esses pensamentos e dúvidas são normais. 

Não deixe o estresse criar monstros que não existem. Se tudo está contabilizado e dentro do planejamento, não há motivos para achar que dinheiro é um problema.

4- Organização é a base para evitar a tensão pré-casamento

Vale ressaltar que um dos principais desafios ao planejar um casamento é manter o foco e a organização. Afinal, é muito fácil se perder em tantos detalhes.

A pessoa pode ficar confusa e, se não tiver organização, pode virar uma bola de neve e levar ela a ter tensão pré-casamento.

Em razão disso, coloque uma meta para sempre conferir o planejamento e o que falta resolver. Não deixe tudo para última hora, sempre mantenha listado: 

  • o que já foi feito;
  • o que está sendo feito;
  • e o que irá ser feito.

A organização é a base para tudo e, até mesmo, financeiramente. A melhor maneira de não exceder o orçamento é por meio da organização. Portanto, mantenha as planilhas sempre atualizadas com as despesas e, assim, saberá como a situação está.

5- Aproveite o momento

Você está se casando! E planejar o seu casamento é um momento único, desde os convites, lembrancinhas, comidas até o vestido ideal. Aproveite esse momento e lembre-se que todos esse trabalho valerá muito a pena.

A recompensa é o grande dia, no qual você estará se casando com alguém muito especial.

Uma das formas de ser grato e aproveitar as coisas é fazendo uma lista de gratidão. É bem simple, apenas escreva as coisas que você é grato, desde as pequenas as grandes. Por exemplo, agradeça pelo seu parceiro (a), pela sua família e amigos, pelo seu casamentos e planos futuros.

É normal se perder em pensamentos de estresse e ansiedade, mas tire um tempo para lembrar das coisas boas que acontecem na sua vida.

Em casos graves de estresse e tensão pré-nupcial…

Se o estresse para o casamento ou a própria tensão pré-nupcial se tornou algo que prejudique sua qualidade de vida e afete áreas como:

  • ambiente de trabalho e escolar;
  • relações familiares;
  • autoestima e autoconfiança.

Está na hora de buscar ajuda psicológica e médica. A psicoterapia pode ser uma forma de lidar com sentimentos negativos e reduzir os sintomas do estresse e ansiedade.

Lembre-se!

Nenhum evento, mesmo seu casamento, é mais importante que sua saúde mental. Em virtude disso, procure sempre ajuda especializada. É importante estar bem fisicamente e emocionalmente para o grande dia. Não deixe que detalhes atrapalhem um momento tão especial da sua vida.

TPC: definindo a ansiedade e o estresse

Há alguns transtornos psicológicos que podem aumentar os sentimentos negativos. Por exemplo, algumas condições psicopatológicas, podem ser fatores para o estresse e ansiedade.

Transtorno de Ansiedade Generalizada

O Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) é um estado de ansiedade. Segundo o Manual de Classificação de Doenças Mentais (DSM-5), o TAG é um transtorno de difícil controle, caracterizado pela preocupação excessiva, perdurando por no mínimo seis meses.

Atualmente, cerca de 3% dos adultos são diagnosticados com o transtorno, sendo grande parte deles mulheres. No entanto, o TAG pode afetar pessoas de qualquer idade. 

Além disso, normalmente, o Transtorno de Ansiedade Generalizada é oscilatório e pode durar vários anos.

Portanto, a pessoa com TAG tende a ser uma pessoa extremamente preocupada, irritável, com dificuldade de se concentrar e constantemente fadigado.

Estresse

O estresse pode ser classificado como uma reação do corpo em situações negativas e prejudiciais. Por exemplo, quando a pessoa se sente ameaçada, há uma reação química que o corpo emite. Essa reação é conhecida como “luta ou fuga”, que seria uma resposta ao estresse.

O estresse pode ter diferentes significados para cada pessoa. Dessa maneira, o que causa estresse em uma pessoa, pode não causar na outra.

Além do mais, nem todo tipo de estresse é considerado ruim, como o estresse que te faz ter reações rápidas e ficar mais atento.

Todavia, quando o estresse começa a ficar excessivo, é comum que esse sentimento prejudique a qualidade de vida de uma pessoa.

O estresse crônico traz diversas consequências para a vida de uma pessoa e deve ser tratado.

Inpa – Instituto de Psicologia Aplicada, Asa Sul, Brasília – DF, Brasil.

Você deve estar logado para postar um comentário.

×