Blog

Aracnofobia: medo de aranhas

O que é?

A aracnofobia é caracteriza por ser um medo extremo de aranhas e de outros aracnídeos de oitos patas, como os escorpiões e os opiliões

Apesar da aracnofobia ser umas das fobias específicas mais populares, nem todas as pessoas que não gostam de aranhas têm a condição.

A pessoa com o quadro tem um medo irracional de aranhas, além de fazer tudo para não ter contato com o animal. Em razão disso, a pessoa pode começar a deixar de realizar atividades cotidianas, que podem ter algum risco, mesmo que mínimo, de contato com o aracnídeo. 

Assim sendo, a fobia pode causar uma ansiedade extrema e trazer consequências significativas na qualidade de vida. 

Ademais, em diversos casos de aracnofobia, o medo é demonstrado por uma resposta de nojo. Desse modo, o indivíduo possui uma aversão tão grande ao animal, que pode, por exemplo, não entrar em casa porque suspeita que tem um aracnídeo no local.

Sintomas da aracnofobia

Os sintomas da aracnofobia são semelhantes ao sintomas de outras fobias específicas, como o medo de dirigir e a tripofobia

Além disso, a fobia, normalmente, se inicia durante a infância ou na adolescência. No entanto, ela pode se manifestar, também, na fase adulta.

Dessa forma, os principais sintomas são:

  • tontura e vertigem;
  • tremores e desmaios;
  • sudorese excessiva;
  • crises de ansiedade;
  • taquicardia;
  • dores no peito;
  • sensação de asfixia;
  • diarreias e náuseas.

Causas e fatores de risco

As causas específicas da aracnofobia, ainda, não são conhecidas. Todavia, há algumas teorias do desenvolvimento da doença. 

A primeira delas é o que o medo de aranha seria uma resposta adaptativa às situações de risco. Por conseguinte, o medo seria desenhado pelo fato de que a maioria das aranhas são venenosas. 

Há outros profissionais que acreditam que o medo pode ser também desenhado por traumas na primeira infância envolvendo o animal.

Por fim, pessoas que possuem outros parentes com o quadro têm maiores chances de desenvolver a fobia. 

Tratamento da aracnofobia

O tratamento da aracnofobia é feito através de uma combinação de sessões de terapia e, em casos mais graves, de medicação. 

Ademais, há outros tipo de terapias alternativas e complementares, que podem ser úteis no tratamento da fobia, como a medição e técnicas de relaxamento.

Vale ressaltar que a principal forma de tratamento é a psicoterapia. Ainda, a terapia comportamental é uma das abordagens mais indicadas e com resultados duradouros. 

As principal técnica no tratamento da aracnofobia é a dessensibilização sistemática. Por conseguinte, o tratamento pode ter um auxilio de medicamentos como, antidepressivos e controladores da ansiedade. 

Por último, há formas de tratamentos por meio da realidade virtual, na qual a pessoa é exposta às representações  virtuais dos aracnídeos. O método se mostra tão eficaz quanto abordagens mais antigas.

Inpa – Instituto de Psicologia Aplicada, Asa Sul, Brasília – DF, Brasil.

Você deve estar logado para postar um comentário.

×