Blog

5 estágios emocionais do Natal

natal

O Natal é uma data especial e aguardada por diversas pessoas. A época é marcada por variados processos e tradições que vão desde a montagem da árvore, aos presentes e até a ceia natalina. 

Em razão disso, é comum ver uma ansiedade, na maior parte das pessoas, quando o assunto é o Natal. Em cada família há uma tradição única e diferente, mas todas elas tendem a seguir bases de preparação para a data.

No entanto, o Natal costuma causar, também, estresse e tensão, porque, geralmente, é preciso estar tudo perfeito e o tempo parece ser curto demais. Assim sendo, todos os anos as pessoas costumam se questionar como o período de férias e de recessos passa tão rápido.

Além disso, uma série de preocupações envolvem a mente das pessoas, como as compras, as dívidas e, até mesmo, as comidas. 

Apesar de não admitirem, a maior parte dos indivíduos passa por diferentes emoções no Natal, que variam positivamente e negativamente. 

Portanto, em geral, há 5 estágios emocionais que as pessoas passam durante o período natalino, que serão abordados nos tópicos seguintes.

1. Antecipação

O primeiro estágio é a antecipação ou o modo pré-natal, que é caracterizado por causar sentimentos de nervosismo e ansiedade. 

O sentimento atinge as pessoas em diferentes situações, como ao tentar preparar e embrulhar os presentes em cima da hora, enfrentar as filas enormes das lojas ou arrumar toda a casa para a chegada da família. 

Se você é a pessoa que, normalmente, fica responsável por organizar todas essas questões, é normal que o sentimento de antecipação seja algo presente durante o período natalino. 

No Brasil, as pessoas têm o costume da comemoração ápice do Natal ser a véspera. Dessa maneira, o sentimento de antecipação pode ser, também, percebido na vontade de comer a ceia ou na ansiedade em abrir os presentes.

Por conseguinte, o sentimento de antecipação é percebido, até mesmo, nas crianças e adolescentes. Todo o processo do Natal é visto por ser, na verdade, um jogo de paciência e espera.

A dica para passar por esse sentimento com menos estresse é focar em atividades que não estejam ligadas, diretamentes, com o Natal. Por exemplo, ver um filme com sua família ou cuidar um pouco de si mesmo.

Todavia, focar os pensamentos em outros assuntos pode ser um grande desafio. Afinal, parece que tudo está, de alguma forma, se relacionando com o Natal. Então, nesses casos, respire fundo e foque sua atenção em aproveitar o momento com as pessoas ao seu redor.

2. Excitação

Finalmente é natal! Logo, a data tão aguardada chegou. Para nós, brasileiros, acabou de dar meia noite e podemos, finalmente, desfrutar da ceia e abraçar nossos amigos e familiares desejando – Feliz Natal!

O sentimento de excitação está presente em todos os cantos, como nas pessoas que estavam ansiosas para poderem comer ou as crianças que não viam a hora de poder abrir os presentes (ou aquelas que aguardam a manhã do dia 25 para poder abri-los). 

Sem dúvidas, para o brasileiros, a véspera de Natal é o ápice. No dia seguinte, há famílias que também comemoram com o mesmo vigor esse dia, mesmo porque é feriado e, ainda, o dia que, literalmente, todos estão em casa reunidos.

A dica para aproveitar essa emoção positiva é realizar atividades que te deixam confortáveis e praticar sentimentos assertivos, como a gratidão.

Aproveite o momento! Afinal, grande parte das pessoas, passam 364 dias esperando por essa data. Abrace sua família e se divirta com a comemoração.

3. Satisfação

Bom, o sentimento de satisfação é presente no momento em que todas as pessoas estão de barriga cheia e satisfeitas com a comida, os presentes já foram abertos, os familiares já começaram a se arrumar para dormir e você já tomou seu banho.

É o momento em que você olha ao redor e percebe que tudo deu certo e você pode, finalmente, relaxar. 

O sorriso está estampada no rosto da maior parte dos convidados e o ambiente está harmonioso e agradável. O sentimento de satisfação aquece o coração e é a porta de entrada para o momento de calma e reflexão.

Nessas horas, as pessoas costumam ou pensar nos eventos da manhã seguinte ou recordar os acontecimentos de algumas horas atrás. É no momento de satisfação em que você sente seu coração quentinho. É, também, a hora que você pensa com um sorriso estampado – missão cumprida!

4. Exaustão

É nesse momento que o sentimento de exaustão começa a aparecer. Porque os convidados já foram embora, o sono, por ter ficado acordado até tarde, começa a bater e a sensação que comeu mais do que devia na noite anterior começou a atormentar seus pensamentos.

A sua personalidade animada e festiva parece estar cada vez mais distante e pensar em toda a limpeza pós-natal começa a gerar um sentimento de preguiça e desânimo.

O local está desorganizado, os embrulhos dos presentes ainda estão jogados e a única coisa que você não quer fazer é levantar para arrumar tudo.

Além disso, começa a surgir um sentimento de apreensão e pânico. Afinal, o espírito natalino, que foi desfrutado durante um mês inteiro, está começando a ir embora. E, por mais que muitos não admitem, o coração começa a ficar apertado. É nesse momento que pensamos – o Natal acabou.

5. Depressão

Por último, o sentimento de depressão nasce, em geral, no dia 26 de dezembro. É um misto de emoções e você não sabe, ainda, o que está acontecendo.

Parece que todo aquele espírito natalino foi embora de uma vez, sem se despedir ou avisar. E é nesses momentos que o sentimento de depressão se inicia. 

Assim sendo, as lembranças da véspera de Natal não estão mais tão claras e toda aquela alegria de ter pessoas reunidas sumiu. 

O sentimento de nostalgia começa a surgir e você começa a perceber que o ano está acabando.

Muitas pessoas já voltaram a sua rotina e estão em seus trabalhos pensando em como gostariam de mais um dia de feriado. O Natal passou tão rápido e você tem a sensação de que não aproveitou como deveria.

O pensamento de que – agora terá que esperar mais 364 dias para poder reviver o Natal – pode ser, também, algo que está rondando sua cabeça. É comum se sentir mais desanimado e triste que o normal. 

Foque seus pensamentos em situações que te deixem bem e pense que daqui alguns dias todos estarão reunidos novamente para comemorar o Ano Novo!

Lembre-se!

Os estágios de emoções do Natal não são sentidos e percebidos da mesma forma para todas as pessoas. A grande questão é que o Natal é uma data importante para a maioria das pessoas e traz consigo grandes emoções.

Aproveitem as comemorações e tenham todos – Um Feliz Natal!

Inpa – Instituto de Psicologia Aplicada, Asa Sul, Brasília – DF, Brasil.

Você deve estar logado para postar um comentário.

×