Blog

Aerofobia: medo de voar

Aerofobia: medo de voar

O que é aerofobia?

Aerofobia é uma fobia caracterizada pelo medo de voar de avião, de helicóptero ou e outros veículos aéreos. É comum que essa fobia venha acompanhada da claustrofobia e da acrofobia. Estima-se que cerca de 25% das pessoas que utilizam veículos aéreos sofrem, em algum grau, com essa fobia.

É comum que a aerofobia afete passageiros de primeira vez ou passageiros que, frequentemente, utilizam esse meio de transporte. Pessoas que têm vertigem, problemas nasais, como sinusite, e problemas de zumbido no ouvido podem ter aerofobia porque viagens em transportes aéreos tendem a piorar essas enfermidades.

A aerofobia encontra-se no Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-V) e está classificada como fobia específica. As causas da aerofobia ainda são desconhecidas pelos pesquisadores.

Sintomas

A aerofobia se manifesta de forma física e psicológica. A pessoa com essa fobia quando entra em veículos aéreos, ou até se imagina em um deles, tem crises de ansiedade. Nessas crises, é normal a sudorese, ânsia de vômito e taquicardia.

A pessoa pode, ainda, mostrar sinais de ataque de pânico, ficar irritada e ter tremores, tontura, tensão muscular, falta de ar e insônia. Ademais, as pessoas com essa fobia tendem evitar ao máximo meios de transporte aéreos e tomam remédios antes do avião decolar.

Por fim, cerca de 60% das pessoas com aerofobia declararam sofrer de algum transtorno de ansiedade.

Tratamento da aerofobia

O diagnóstico é feito por um psicólogo ou psiquiatra. Os profissionais adequados podem prescrever medicamentos, dependendo do grau da fobia. 

As sessões de terapia também são altamente recomendadas, tanto as em grupo quanto as individuais. Ademais, há novas técnicas, como simulação de voo virtual, que fazem com quem os pacientes enfrentem o seu medo.

Como evitar a ansiedade?

Para que a aerofobia não seja tão grave algumas atitudes são recomendadas. Planejar a viagem com antecedência e com calma, ter uma boa noite de sono antes da viagem, e evitar ingerir alimentos com cafeína e bebidas alcóolicas são atitudes recomendáveis

Por conseguinte, marcar o assento para que você se sinta mais seguro e entender que turbulências são normais, fazem com que o grau da aerofobia diminua. Distrações durante a viagem, como ver um filme ou ler um livro, também auxiliam para um voo mais tranquilo.

Inpa – Instituto de Psicologia Aplicada, Asa Sul, Brasília – DF, Brasil

Você deve estar logado para postar um comentário.

×