Blog

Sessão de terapia: o que é, como funciona e por que fazer

sessão de terapia

Assim como a famosa série exibida no canal GNT, a Sessão de Terapia na vida real é cheia de detalhes, aspectos e questões peculiares. Repleta de novas descobertas trazidas pela importante relação entre paciente e terapeuta, fazer terapia pode mudar vidas! E você, já pensou em melhorar sua forma de viver fazendo terapia?

Há, certamente, diferenças significativas na abordagem que orienta as intervenções terapêuticas, afinal, cada caso é único e precisa de uma análise específica feita por cada profissional da Psicologia, conforme a necessidade da pessoa atendida.

Entretanto, independente da forma em que a terapia é abordada, a sessão envolve uma relação humana diferenciada, que carrega consigo inúmeros benefícios para a vida do paciente.

sessão de terapia

Por isso, se você ainda não conhece e não sabe como uma sessão de terapia funciona, mas possui interesse em entender melhor esse método, aqui você encontrará:

  • O que é terapia?;
  • Como funciona a sessão de terapia?;
  • Por que fazer terapia?;
  • Entenda os benefícios da sessão de terapia;
  • Qual é o valor de uma sessão de terapia?;
  • Terapia online: quais os benefícios? e 
  • Permita-se experimentar.

O que é terapia?

A psicoterapia, também chamada apenas “terapia”, é uma forma de tratamento que visa aliviar o estresse emocional, identificar as causas dos problemas de saúde mental e auxiliar o paciente a descobrir novas formas de lidar com as questões da vida, tanto boas quanto ruins. 

Guiada por um profissional da Psicologia devidamente capacitado,a terapia envolve a examinação e obtenção de insights sobre as escolhas de vida e as dificuldades enfrentadas por indivíduos, casais ou famílias.

As sessões de terapia referem-se a reuniões estruturadas entre um psicólogo licenciado e um paciente, com o objetivo de melhorar algum ou todos os aspectos de sua vida. 

Dessa maneira, a terapia abrange muitos tipos de tratamento e é praticada por vários médicos, utilizando uma variedade de estratégias.

O aspecto crítico é que o paciente trabalha em colaboração com o terapeuta e pode identificar melhorias e mudanças positivas ao longo do tempo, e a maioria das terapias de uso amplo foi bem testada e considerada eficaz. 

Embora a princípio possa parecer difícil procurar terapia – especialmente para pessoas de baixa renda, que não possuem recursos para custear as sessões e nem ferramentas e contatos suficientes para achar um terapeuta – os benefícios de uma terapia bem-sucedida literalmente mudam vidas.

terapia

Qual o melhor tipo de terapia?

Mesmo que a maioria dos tipos de terapia tenham muito em comum, eles também se enquadram em grupos que compartilham características essenciais, como terapias cognitivas ou abordagens psicodinâmicas. 

Pensa-se que abordagens eficazes da terapia compartilham fatores comuns, como a forma que um terapeuta que trata o paciente com empatia, o relacionamento amigável entre o terapeuta e o paciente e um acordo sobre os objetivos da terapia, por exemplo. 

Desse modo, para diversos tipos de sofrimentos e indagações, há diferentes tipos de terapia que podem ter notáveis efeitos positivos, por isso, não se pode considerar um único tipo como o ‘’melhor’’, e sim avaliar o caso e a situação do paciente, para que assim se decida qual é o tipo mais adequado.

Entenda a relação entre terapeuta e paciente

A relação entre um profissional da saúde mental e um paciente é chamada de relação terapêutica. É o meio pelo qual um terapeuta e um paciente esperam se envolver e efetuar mudanças benéficas.

A terapia é, essencialmente, uma relação desequilibrada. Você, o paciente, se abre e o terapeuta geralmente não. Isso é necessário para que a conversa se concentre exclusivamente nos seus problemas, e não na vida do terapeuta.

Entretanto, como a confiança pode se desenvolver em um relacionamento tão unilateral? Como o terapeuta não revela tanto sobre ele, é esperado que você o veja como um ouvinte seguro e atencioso, dedicado a ajudá-lo a descobrir seus problemas, e não os dele.

A amizade social, normal, por outro lado, é bilateral. Na maioria dos relacionamentos, nos abrimos gradualmente à medida que a outra pessoa também se abre.

Como seu amigo, a pessoa sabe muitas coisas sobre você e você sabe muitas coisas sobre ela. Normalmente, compartilhamos experiências além de ficar sentado na sala, conversando.

A terapia pode certamente ser um relacionamento amigável , dependendo das personalidades envolvidas e da orientação teórica do terapeuta, mas não deve ultrapassar os limites profissionais.

sessão de terapia

Como funciona a sessão de terapia?

É na sessão de terapia que a relação terapêutica se mostra com todos os seus detalhes.

Terapeuta e paciente interagem entre si por quase uma hora: ambos falam, argumentam, escutam atentamente um ao outro e saem ao final da sessão, cada qual com uma expectativa.

Há sessões nas quais o paciente desabafa, recebe acolhimento e se sente bem, acreditando que valeu a pena. Contudo, também há sessões em que o paciente sente raiva, frustração e deseja sair do consultório sem a promessa de um retorno.

Na sessão de terapia, uma pessoa relata a intimidade, compartilha acontecimentos importantes, divide pontos de vista incomuns, conta verdades até então não reveladas, tudo isso com a riqueza que só essa relação poderia oportunizar.

No consultório ou na terapia online, durante a sessão, sorrisos, lágrimas, lembranças boas e ruins, saudade, arrependimento, ansiedade, expressões de raiva e outras emoções podem se fazer presentes.

Entretanto, isso é meio para que o terapeuta tenha acesso a eventos os quais possam estar funcionalmente relacionados com o quadro atual do paciente.

A riqueza do processo terapêutico se dá quando as partes envolvidas falam a mesma linguagem e caminham juntos para o entendimento de mudança.

É na sessão de terapia, que o terapeuta intervém por meio da mediação verbal ou até mesmo de algumas técnicas não verbais.

Dessa forma, mais do que interpretar a fala do paciente, mais do que formular hipóteses sobre o problema psicológico, o terapeuta precisa intervir.

A sessão terapêutica é o momento para as intervenções e a verificação direta ou indireta dos resultados.

Por que fazer terapia?

Se você está pensando em quais motivos o levariam a fazer terapia, também pode estar pensando nas possíveis desvantagens. O custo pode ser uma preocupação para você. Ou a dificuldade de se locomover até um consultório. Até mesmo a falta de tempo, devido à rotina corrida.

Mesmo que você não esteja lidando com traumas, possivelmente passa por problemas que as vezes parecem difíceis de solucionar, afinal, além de não ser fácil enfrentar desafios da vida, a terapia não é uma solução rápida e imediata. 

Ainda, a terapia também requer honestidade, consigo mesmo e com o terapeuta com quem trabalha.

Mas se você estiver disposto a fazer o trabalho, as sessões de terapia podem ser gratificantes. É um espaço seguro, sem julgamento, onde você pode compartilhar qualquer coisa, com um profissional treinado que esteja lá para ajudar.

Dessa maneira, mais do que um momento da semana reservado para uma conversa com um profissional, a terapia traz inúmeros benefícios e, principalmente, uma sensação de encontro consigo mesmo que o ajuda a curar problemas antigos, atuais e a evitar conflitos futuros.

Como escolher um bom terapeuta?

Primeiro, é necessário utilizar a sua rede de contatos (sejam amigos ou familiares) ou a internet para encontrar um psicólogo que esteja ao seu alcance em todos os aspectos.

Depois de fazer uma boa pesquisa, você deve focar em encontrar um terapeuta com quem se sinta à vontade. Terapia não é um processo fácil e seu terapeuta não está lá para ser seu amigo. 

Dito isto, no entanto, você certamente pode escolher um terapeuta que, a seu ver, respeite sua individualidade, opiniões e personalidade.

Você deve confiar 100% no seu terapeuta, afinal de contas, se não puder ser sincero e sentir que precisa mentir para o terapeuta ou ocultar informações importantes, não receberá ajuda real. 

Assim sendo, você também deve sentir, em alguns aspectos e em algum momento da terapia, que realmente ir ao seu terapeuta está ajudando você. Não sentir alívio por seus problemas emocionais, pode ser um sinal de que não há o recebimento do melhor tratamento disponível.

Procure esses tipos de sinais de alerta como razões para pensar em escolher outro terapeuta se você pretende encontrar um terapeuta, já estiver começando a procurar ou já faz terapia.

terapia

Entenda os benefícios da sessão de terapia

A terapia pode ajudar a melhorar os sintomas de muitas condições de saúde mental, além de também ajudar as pessoas a aprenderem a lidar com sentimentos constantes que podem não responder ao tratamento imediatamente, mas que no futuro, podem ser solucionados. 

Por isso, aqui estão alguns benefícios da terapia:

1. Promove o autoconhecimento

Os terapeutas ouvem sua história e o ajudam a fazer conexões com os acontecimentos do passado e do presente.

Eles podem oferecer orientação ou recomendações se você se sentir perdido, mas não dizem o que fazer: te provocam para que você mesmo consiga identificar uma solução para o problema posto em questão.

Assim, a terapia pode capacitá-lo a agir por conta própria e ser capaz de reconhecer sozinho seus defeitos e qualidades.

2. Auxilia na busca de um propósito

Se você ainda não tem certeza de quais são seus objetivos – tanto para aspectos da vida profissional, romântica e para outros tipos de conflitos, a terapia pode ajudá-lo a esclarecê-los e estabelecer etapas realistas para alcançá-los.

Dessa maneira, você conseguirá visualizar com mais clareza o que ou quem te impede e o que ou quem lhe ajuda a conquistar suas metas para melhorar sua vida.

3. Fortalece e melhora relacionamentos

Seja você está solteiro ou em um relacionamento, a terapia pode ajudá-lo a lidar com dificuldades em se relacionar com outras pessoas. 

Problemas como insegurança, dificuldade em confiar em seus parceiros ou amigos, ciúme patológico, carência excessiva ou falta de empatia, são questões extremamente comuns e que podem ser tratadas com a terapia, por exemplo.

terapia e saúde física

4. É provável que a sua saúde física também melhore

Certamente há uma ligação entre o bem-estar da mente e do corpo. 

Problemas de saúde mental não tratados podem afetar o bem-estar do corpo físico.

Além disso, pessoas com boa saúde emocional podem ser mais capazes de lidar com problemas de saúde física que surgem, pois possuem boas instruções e aconselhamentos sobre como proceder com quaisquer tipos de problemas.

5. A terapia pode levar a melhorias em todas as áreas da vida

Se você sentir que algo está impedindo que você viva a vida como a imagina, a terapia pode ajudá-lo a resolver isso.

Quando você não tem certeza do que o impede de fazer alterações, ou, ainda que saiba o que impede mas não sabe como lidar, a terapia pode ajudá-lo a descobrir a resposta.

Mais do que isso, te ajuda a construir uma inteligência emocional que o capacita para muitas situações da vida que antes pareciam impossíveis de resolver. 

Qual a diferença entre psicólogo e terapeuta?

Terapeuta versus psicólogo: qual a diferença? 

Ambos buscam o mesmo resultado: melhorar a vida das pessoas.

No entanto, existem diferenças entre os dois termos e estamos aqui para ajudá-lo a entender o que os torna diferentes.

Esta lista pode te ajudar a esclarecer as diferenças entre um terapeuta e um psicólogo.

Psicólogos:

  • É necessário ter um diploma avançado em Psicologia;
  • Pode realizar pesquisas ou terapia;
  • Pode diagnosticar distúrbios ou problemas em seus pacientes;
  • Determina tratamentos apropriados com base em diagnósticos clínicos e observações;
  • Ajuda pacientes a tomar decisões e esclarecer sentimentos;
  • Fornece suporte e orientação.

Terapeutas:

  • Pode incluir psicólogos, psiquiatras e assistentes sociais;
  • Pode ter qualquer número de diplomas em uma variedade de disciplinas, incluindo mestrado, doutorado, doutorado ou certificado em áreas como assistência social, abuso de substâncias, psicologia clínica, psiquiatria ou aconselhamento familiar;
  • Ajuda pacientes a tomar decisões e esclarecer sentimentos;
  • Fornece suporte e orientação.
terapia

Qual o valor de uma sessão de terapia?

O valor médio de uma sessão de terapia, segundo a Tabela de Referência Nacional de Honorários dos Psicólogos em reais, estabelecido pelo Conselho Federal de Psicologia, varia de R$100 a 150 reais.

Há atendimentos mais populares com valores mais baixos, como também sessões mais caras, a partir de R$400.

É considerada a demanda do paciente, estabelecendo junto ao paciente o levantamento das necessidades e prioridades em relação ao acompanhamento.

A consulta inicial, na maioria das vezes, deixa clara todas as questões e possibilita a oportunidade de conhecer o espaço, o profissional, e a relação de simpatia que é essencial para o início do trabalho.

Terapia online: quais os benefícios?

A terapia online utiliza a internet para realizar os atendimentos e as sessões com os pacientes. 

Dessa forma, o terapueta pode usar platomaformas como e-mail, videoconferência, mensagens de texto, bate-papo online, mensagens ou telefonemas.

Nos últimos anos, a terapia online ganhou popularidade e está se tornando uma ferramenta importante nas vidas das pessoas. Além disso, há diferentes razões pelo qual uma pessoa procura o serviço de terapia online.

Aqui, você pode ter acesso a 5 benefícios diretos que a terapia online pode trazer.

Como funciona a sessão de terapia online?

O tipo de online de terapia é basicamente o mesmo que a terapia regular, exceto que ocorre de forma remota em vez de em um escritório. 

As sessões têm normalmente uma hora ou menos de duração e podem ocorrer semanalmente ou com qualquer frequência que você e seu terapeuta decidirem. 

Por meio de aplicativos como WhatsApp, Zoom ou Skype, você pode se conectar com o seu terapeuta e conseguir um ótimo atendimento, mesmo que à distância.

terapia

Permita-se experimentar

Conclusão: seja ela presencial ou online, a terapia só traz benefícios! 

Por isso, permita-se experimentar e aproveitar esse método que te ajudará a encontrar soluções para os problemas que te causam ansiedade, medo e estresse, por exemplo. 

Sem dúvida alguma, é necessário entender de uma vez por todas que não há absolutamente nada de errado em procurar ajuda profissional para resolver e entender as questões da sua vida. Os profissionais da saúde mental estão aí para isso! 

A terapia é uma ótima escolha, sempre. Não permita que seus preconceitos façam de você uma pessoa que se limita: você merece mais!

sessão de terapia

Inpa – Instituto de Psicologia Aplicada, Asa Sul, Brasília – DF, Brasil.

Fábio Augusto Caló

@fabiocalo - Psicólogo pelo UniCEUB e mestre em Análise do Comportamento pela UnB. Atua desde 1998 como clínico, atendendo adultos e casais. Há duas décadas, tem realizado atendimentos, principalmente, na área da conjugalidade, da sexualidade e dos transtornos de ansiedade. Tem se interessado e pesquisado sobre assuntos atuais como "dependência de internet", "vício em pornografia", "traição online", dentre outros. É palestrante e instrutor de cursos de desenvolvimento pessoal e cursos dirigidos a profissionais da saúde.

Você deve estar logado para postar um comentário.

×